O que fazer em Tokyo?

Principais atrações, bairros e pontos turísticos da capital japonesa!

2 1.213

O que fazer em Tokyo? Sem dúvida, a capital do Japão é uma das cidades mais apaixonantes de todo o mundo, onde você pode curtir desde a história antiga e ter uma gigante imersão cultural ou então, tomar um banho de tecnologia nos bairros cheios de painéis de LED coloridos e equipamentos eletrônicos de ponta!

Então, neste guia vamos destacar as principais atrações, bairros e pontos turísticos da capital do Japão!

Aliás, se a grana está curta, aproveite para conhecer nosso guia totalmente de graça em Tokyo, com dicas para mais de 20 passeios gratuitos na maior cidade do mundo!

Além de tudo, a grande maioria destas dicas é com acesso fácil pelo trem utilizando a Yamanote Line, uma linha circular que passa pelos principais bairros de Tokyo!

Planejando sua viagem?

Confira nosso completíssimo roteiro ao Japão, um guia com dicas sobre as principais cidades e pontos turísticos!
Veja também as melhores comidas típicas e quanto custa para viajar à terra do sol nascente!

Descubra a melhor época para viajar pra cá e por fim, recomendamos ler tudo o que você precisa saber antes de vir ao Japão sobre vistos, câmbio, hospedagem, transporte local, segurança, barreiras do idioma, etc.

 

E então, o que fazer em Tokyo?

Antes de mais nada, vamos começar esta lista falando das 2 enormes torres de Tokyo!

Também vamos passar pelos principais pontos turísticos da capital japonesa.

E por fim, também inclui alguns passeios próximos a Tokyo que podem ser feitos em apenas 1 dia!

 

1 – Tokyo Skytree

Tokyo Skytree num passeio noturno!
Tokyo Skytree num passeio noturno!

Medindo incríveis 634 metros de altura, é a torre mais alta do Japão!

Possui 2 decks de observação (a 350 metros e 450 metros de altura).

Além disso o complexo agrega shopping, restaurantes, aquários e várias outras atrações num mesmo lugar!

Para subir ao primeiro deck é cobrada uma entrada de ¥ 2100 (R$ 80) nos dias de semana e ¥ 2300 (R$ 88) aos feriados e fins de semana.

Porém, para visitar os dois observatórios, o ticket custa ¥ 3100 (R$ 120) e ¥ 3400 (R$ 130) respectivamente!

Uma recomendação para conhecer o lugar, é aproveitar o dia com o passeio até Asakusa e o templo SensoJi e dali, com apenas 20 minutos de caminhada você chega até a torre.

A grande vantagem é que aproveita a caminhada para tirar fotos de muitos ângulos diferentes no caminho!

 

2 – Tokyo Tower

Como subir a Tokyo Tower?
Como subir a Tokyo Tower?

Erguida em 1958 no pós-guerra para marcar uma nova era japonesa e marcar o país como uma das novas potências econômicas mundiais, este local é um dos mais famosos cartões postais!

A Tokyo Tower é a torre de aço mais alta do mundo com 333 metros de altura, possuindo 13 metros a mais do que sua inspiração: a Torre Eiffel.

Aliás, caminhando pela região você encontrará vários locais incríveis para tirar fotos desta torre.

Porém, o que muitos não sabem é que ela é uma torre com dois decks de observação e você pode ver Tokyo do alto!

Com apenas ¥ 900 (R$ 35 em 2019) você pode subir até o primeiro observatório de 150 metros.

E com um pouquinho mais, visitar a torre inteira!

Neste dia de passeio tente incluir também o templo Zojoji que falo mais abaixo.

Por fim, veja mais dicas, preços, acesso em: Como subir a Tokyo Tower (a Torre de Tóquio).

 

3 – Roppongi Hills, Tokyo City View e Sky Deck

Roppongi Hills: Pôr do sol no Sky Deck em Tokyo
Roppongi Hills: Pôr do sol no Sky Deck em Tokyo

Já que estamos falando de observatórios, vamos falar de um mirante que permite curtir um dos mais belos pôr-do-sol em Tokyo!

O edifício central possui 238 metros de altura.

Além disso, foi construído dentro de um complexo com prédios de escritórios, apartamentos, shopping, restaurantes, hotel e um museu de arte.

Então, além de você poder desfrutar de uma bela tarde, poderá aproveitar o fim de tarde com este espetáculo da natureza.

O observatório por si só já é belíssimo e permite uma visão 360 graus da cidade numa área envidraçada.

E no último andar, o Sky View totalmente ao ar livre.

Este passeio vai lhe custar mais ou menos ¥ 2,300 (R$ 90 em 2019) e eu recomendo demais!

Confira mais dicas e fotos em Roppongi Hills, Tokyo City View e Sky Deck.

 

4 – Prédio da Prefeitura de Tokyo

Tokyo Metropolitan Government Building iluminado para as Olimpíadas de Tokyo 2020
Tokyo Metropolitan Government Building iluminado para as Olimpíadas de Tokyo 2020

Se a grana está curta, que tal curtir uma vista da cidade a 202 metros de altura do chão no Tokyo Metropolitan Government Building?

Aliás, o prédio é super bonito e já rende lindas fotografias!

Horário de funcionamento:

  • Torre Sul: 09:30 as 17:30 hs
  • Torre Norte:  09:30 as 23:00 hs

Para chegar ao edifício, basta uma caminhada de 10 minutos a partir da saída oeste da estação Shinjuku ou então, pela estação Tocho-mae, da Oedo Line, que está localizada no subsolo do próprio edifício.

Por fim existem outros observatórios imponentes na capital japonesa, como a Tokyo Tower e seus 333 metros de altura (porém, esta é uma atração paga).

 

5 – Templo Senso-Ji em Asakusa

Agradecimento em Asakusa
Agradecimento em Asakusa

Antes de mais nada, como já comentamos, uma dica é fazer este passeio aproveitando pra ir na região da Skytree!

Veja mais fotos do nosso passeio ao Templo Senso-Ji localizado no bairro de Asakusa!

Ele é o mais antigo templo Budista de Tokyo, inaugurado no ano de 645!

Já imaginou visitar um local com quase 1400 anos de história?

Além disso, possui jardins, fontes, esculturas, belíssima arquitetura e é claro, lojinhas típicas e várias lembrancinhas a venda.

Para chegar, basta descer na estação Asakusa da Yamanote Line.

 

6 – Shibuya Crossing

Uma corrida de Mario Kart em plena Shibuya em Tokyo
Uma corrida de Mario Kart em plena Shibuya em Tokyo

Certamente você já viu este lugar em algum filme, então confira nossas dicas em Shibuya Crossing – maior cruzamento e faixa de pedestres do mundo!

É nesta rua que ocorre um dos rachas do filme Velozes e Furiosos!

Além de tudo é um local cheio de lojas, restaurantes e é claro: gente!

Aliás, aproveite a visita ao bairro para tirar algumas fotos do alto, dos principais prédios de Shibuya que damos as dicas no tópico.

O acesso é super fácil: grudado com a Shibuya Station da Yamanote Line.

 

7 – Estátua do Hachiko em Shibuya

A atual estátua de Hachiko em Shibuya
A atual estátua de Hachiko em Shibuya

Sem dúvida é dos pontos mais visitados do Japão e você o reconhecerá facilmente se já assistiu ao filme Sempre ao seu Lado com Richard Gere!

Porém, se não sabe do que estou falando, leia nosso tópico e confira toda a história deste cão super fiel e também veja outras dicas para este passeio: Hachiko – O cachorro mais famoso do Japão.

Depois disso, basta caprichar na pose ao lado deste marco da cultura japonesa!

Ahhh! E não se esqueça de passar a mão nas patas do Hachiko para trazer mais sorte para o restante da sua viagem!

 

8 – Estátua do Hachiko na Universidade de Tokyo

A nova estátua de Hachiko e a felicidade do reencontro!
A nova estátua de Hachiko e a felicidade do reencontro!

Agora você já conheceu a primeira e mais famosa estátua do Hachiko!

Porém, saiba que existe outra estátua que você pode visitar de graça em Tokyo!

E desta vez a localização escolhida foi a Universidade de Tokyo.

Isso porque este era o local onde o Dr Ueno, dono e companheiro do Hachiko, lecionava.

Aliás, um fato marcante é que foi nesta universidade que Dr Ueno viveu seu último dia.

Então, aproveite para ir conhecer a nova estátua de Hachiko: reencontro na universidade!

 

9 – Tokyo Imperial Palace

Tokyo Imperial Palace - Nijubashi ou Double Bridge
Tokyo Imperial Palace – Nijubashi ou Double Bridge

Certamente é outro passeio de graça em Tokyo que não pode faltar!

Faça uma visita ao Tokyo Imperial Palace – A Residência do Imperador!

A residência em si está num local com acesso restrito, por motivos de segurança.

Porém, os arredores são de encher os olhos!

O destaque fica para os jardins do East Garden e a Double Bridge.

Aliás, uma caminhada pelo East Garden já pode durar algumas horas porque a região é imensa, então é bom planejar bem o seu roteiro!

Por fim, seu acesso é super fácil a partir da Tokyo Station na Yamanote Line (que já é um belo cartão portal)!

 

10 – Parque Hibiya

Está localizado entre os jardins do Palácio Imperial e o distrito de Shinbashi.

Possui uma área total de 40 acres e já foi palco de manobras do exército na era Meiji.

Porém, desde 1903 foi convertido em parque e aberto ao público!

Muito conhecido por abrigar também o Hibiya Open-Air Concert Hall, que como seu nome diz, é um palco para shows ao ar livre!

Outro cartão postal dele é uma lendária árvore de Ginkgo que tem cerca de 500 anos!

O acesso é feito com menos de dez minutos de caminhada descendo na Yurakucho Station da  Yamanote line.

 

11 – Explorar Akihabara

Os letreiros de Akihabara
Os letreiros de Akihabara

Que tal agora colocar um pouco mais de luzes e painéis de LED nesta lista de passeios por Tokyo?

Para sair um pouco da arquitetura antiga e ver um pouco de tecnologia, recomendo uma visita à Akihabara – O bairro dos eletrônicos em Tokyo!

É hoje o lugar mais importante para quem curte animes, mangas, videogames, informática e eletrônicos em geral!

Um bairro que você confunde quando é noite ou dia de tantos letreiros luminosos!

Portanto, é interessante é realizar uma visita aos domingos, onde a principal avenida: Chuo Dori é fechada para os automóveis entre as 13:00 hs até 18:00 hs (17:00 hs entre outubro a março).

Para chegar, basta descer na Akihabara Station da Yamanote Line!

 

12 – Takeshita Street

Rua Takeshita em Tokyo
Rua Takeshita em Tokyo

Aliás, você conhece a rua 25 de Março em São Paulo?

Então venha conhecer a versão japonesa dela: rua Takeshita em Harajuku!

É claro que muito mais charmosa do que a versão paulista, mas igualmente lotada: é uma das mais movimentadas ruas de comércio da capital japonesa.

Por certo uma região que atrai centenas de jovens, com roupas (e cabelos) coloridos, cosplays e outros fãs de animes e mangas.

Aqui é um dos lugares que fará você perceber que no Japão ninguém te julga pela sua aparência ou roupas.

Aqui é tudo liberado. Você pode se vestir livremente, como queira e quantas cores desejar, apenas seja feliz!

Por fim, Harajuku já está bem próximo de Shibuya que são as próximas dicas (e Yoyogi também)!

O acesso é pela estação Harajuku da Yamanote Line.

 

13 – Odaiba, a Ilha artificial de Tokyo

A Rainbow Bridge iluminada em Odaiba
A Rainbow Bridge iluminada em Odaiba

Não deixe de conhecer uma das mais charmosas – e chiques – áreas de Tóquio!

Primeiramente teve origem num conjunto de pequenas ilhas artificiais que foram construídas no final do período Edo (1603-1868).

A ideia era proteger a região de Tokyo contra ataques marítimos.

Posteriormente, por volta dos anos 80, aterros maiores foram feitos unindo as ilhas para se tornar uma das principais áreas residenciais e comerciais da capital.

Sem dúvida alguma um projeto ultra futurista e que caiu na graça do povo japonês e turistas!

Além disso, também é possível fazer uma caminhada pela famosa Rainbow Bridge, confira Odaiba – A ilha artificial de Tokyo e tudo que ela pode oferecer!

 

14 – Tokyo Disney

Pluto! Meu preferido!
Pluto! Meu preferido!

Inaugurado em 1983, o parque japonês teve o privilégio de ser o primeiro fora dos Estados Unidos.

Aliás, hoje já é o terceiro parque mais visitado do mundo.

Minha experiência na Tokyo Disney foi tão incrível que me despertou um desejo de conhecer todas as Disney’s ao redor do mundo!

No tópico Tokyo Disney – conhecendo o mundo da fantasia!, eu deixo as dicas de como chegar, transportes, onde comprar os ingressos, hospedagem e muito mais!

Além disso, comento que esta é uma das Disney com melhor custo benefício que já pesquisei.

O mais importante antes de viajar
Pelo visto sua diversão está próxima! NUNCA viaje SEM seguro de viagem!
Eu mesmo, com apenas R$ 90, fui para à Europa com todas as coberturas e tranquilidade garantida!
Voo atrasado, bagagem extraviada, acidente ou despesas médicas? Não estrague sua viagem!

Seguros Promo

Ganhe 5% de desconto no seu seguro de viagem com o cupom de desconto CALCULODAROTA5
Ahhh.. E pagando com boleto bancário você ganha outros 5% de desconto!
Ou seja, 10% de desconto no total e pagando até em 12x!

Por fim, tire todas as dúvidas sobre seguro de viagem, obrigatoriedade para Europa (Schengen) e coberturas!

Venha e comprove que aqui é o lugar onde os sonhos se tornam realidade (“where dreams come true”)!

 

15 – Tokyo DisneySea

O tamanho da Tower of Terror, um elevador que despenca até o solo no Tokyo DisneySea
O tamanho da Tower of Terror, um elevador que despenca até o solo no Tokyo DisneySea

Tokyo DisneySea é inspirado nos mitos e lendas do mar e foi projetado para um público adulto.

Porém, garante diversão para crianças de qualquer idade.

Outro diferencial é a quantidade de restaurantes e a opção de bebida alcoólica, que não existe na Disney vizinha.

Ahh.. E o parque está lado a lado com a outra Disney, no mesmo complexo.

Aliás, você precisará pelo menos de um dia para conhecer cada parque!

Não deixe de ler o completo tópico Tokyo DisneySea – único e exclusivo no Japão! onde dou todas as dicas para curtir este parque!

Apesar de baseado em mitos e lendas do mar e quase todas as atrações envolverem água, não é um parque aquático como a Disney em Orlando.

Nesse sentido, no máximo você vai molhar uma parte da roupa nas atrações mais radicais (e são várias delas)!

 

16 – Parque Yoyogi e Santuário Meiji

Conforme dito anteriormente, está perto da região de Harajuku!

Aliás, este parque é bem conhecido dos brasileiros, afinal nele é realizado anualmente (no verão), o Brazilian Day Japan!

Porém, acerca do festival há o próprio parque que é muito bonito e ao lado dele está o singular Meiji Jingu, o santuário Meiji!

Ele conta com um enorme torii em tom natural, diferente da maioria que são pintados de vermelho!

O acesso ao Santuário Meiji é feito através da estação Harajuku na linha JR Yamanote ou então, Meiji-jingu-mae Station das linhas de metrô Chiyoda e Fukutoshin.

 

17 – Narita san, um milênio de história

Pagoda com 58 metros de altura no Narita-san
Pagoda com 58 metros de altura no Narita-san

Outro que merece ser lembrado é o Narita-san – o templo mais próximo do aeroporto.

Antes de mais nada, este templo foi fundado no ano de 940.

Além disso, traz belíssimos jardins, lago de carpas e uma impressionante arquitetura!

Por fim, para chegar ao templo você passará pela famosa rua Omotesando que é outro cartão postal da região!

Então, confira no nosso tópico, como chegar a este local!

 

 

18 – Parque Shinjuku Gyoen National Garden

No mesmo bairro você encontrará o Shinjuku Gyon National Garden!

Além de ser outra atração de graça em Tokyo, é sem dúvida alguma um dos mais bonitos parques da cidade!

Possui um exuberante jardim japonês (e há também um jardim francês e outro inglês).

Foi inaugurado em 1949 e impressiona pela quantidade de área verde.

É um raro momento de relaxamento no meio de um dos mais movimentados e comerciais bairros de Tokyo!

O acesso também é super fácil a partir da Shinjuku Station da Yamanote Line!

 

19 – Templo Zojoji

Como subir a Tokyo Tower?
Como subir a Tokyo Tower?

Antes de tudo, você pode aproveitar este passeio junto com a Tokyo Tower!

Este belíssimo templo é outra atração de graça em Tokyo e tem vista para a famosa torre laranja!

Construído no ano de 1393, este templo budista é dos grandes pontos de visitação na capital.

Além dos encantos do templo, você pode desfrutar de toda a arquitetura desta torre inspirada na Torre Eiffel de Paris!

As estações de metrô mais próximas são Onarimon ou Shibakoen Station, na linha de metrô Mita e na estação Daimon, na linha Oedo.

Você também pode chegar ao templo pela Hamamatsucho Station da Yamanote Line ou Keihin-Tohoku Line com uma caminhada de 10 minutos.

 

20 – Bairro e parque de Ueno

Sakura em Ueno: visitantes apreciando o Sakura rosa
Sakura em Ueno

Certamente Ueno é um bairro que deve fazer parte do seu roteiro de viagem!

Afinal, ele abriga o famoso Zoo de Ueno e a família de ursos panda do Japão!

Para visitar o Zoo é cobrada uma pequena taxa, porém, o parque de Ueno é uma atração totalmente de graça em Tokyo!

Inclusive, na primavera, ver o Sakura em Ueno é dos programas imperdíveis!

Para chegar aqui, basta descer na estação Ueno da Yamanote Line!

 

21 – Parque Inokashira

Inaugurado em 1917 é considerado um presente do imperador para a população.

É um famoso local de apreciação do Sakura durante a primavera, por causa das árvores que refletem no seu grande lago.

O parque possui um pequeno santuário, um zoológico e também um pequeno aquário.

Muito conhecido por ser um ponto de encontro de músicos e artistas de rua!

O parque Inokashira fica a 5 minutos a pé da Kichijoji Station da Chuo Line, ou mais perto ainda Inokashira-Koen Station da Keio-Inokashira Line.

 

22 – O Buddha Gigante e o Templo Kōtoku-in em Kamakura

O Buda Gigante, Daibutsu, em Kamakura
O Buda Gigante, Daibutsu, em Kamakura

Antes de tudo é importante frisar que o grande Buddha não fica em Tokyo!

Aliás, Kamakura já foi capital feudal do Japão entre 1185 e 1333.

E é uma cidade muito próxima e de fácil acesso!

Você pode verificar em Buda Gigante do Japão em Kamakura, onde descrevemos tudo o que você vai encontrar por lá e como chegar!

Portanto, chegando lá você encontrará uma estátua de bronze com 13 metros de altura e quase 100 toneladas!

A estátua de bronze foi inaugurada em 1252, mas anteriormente a ela existia uma versão de madeira.

Este ponto turístico é uma importante história de superação japonesa também, com a quantidade de desastres naturais que afetaram a região.

 

23 – Yebisu (Museu e observatório)

Afinal, porque não conhecer um pouco mais da história de uma das cervejas mais antigas do Japão, a famosa Yebisu?

Concebida em 1890, esta cervejaria possui na região de Shibuya um museu que oferece visitas gratuitas (e outra paga, inclusive com degustação)!

Aliás, mesmo local fica o Yebisu Garden Place Tower, um dos observatórios gratuitos de Tokyo!

Por fim, veja mais em: http://www.sapporobeer.jp/brewery/english/y_museum/index.html

 

24 – Jogo de baseball no Tokyo Dome

Nossos assentos no jogo no Tokyo Dome
Nossos assentos no jogo no Tokyo Dome

Tivemos a oportunidade de assistir um jogo no Tokyo Dome, o clássico do beisebol entre o Giants e Tigers neste moderno estádio de beisebol, também conhecido como Big Egg!

Aliás, beisebol, baseball ou yakyū (como é dito em japonês) é o esporte número UM do Japão!

Com sua inauguração em 1988, o Tokyo Dome foi um dos primeiros na categoria de super-estádios e arenas.

Sua capacidade é de 57.000 pessoas e além dos jogos de beisebol, é palco para shows, grandes concertos e variados eventos.

Além disso, o Tokyo Dome é casa da mais popular equipe de beisebol do país: o Yomiuri Giants!

Confira como foi nossa visita e mais dicas no tópico: jogo no Tokyo Dome: Giants vs Tigers (baseball)

 

25 – Bunkyo Civic Center

Bunkyo - Deck de Observação e Monte Fuji
Bunkyo – Deck de Observação e Monte Fuji

O Bunkyo Civic Center Building fica ao norte do Tokyo Dome City (o lendário estádio de baseball).

É um dos edifícios de Tokyo que oferecem uma plataforma de observação gratuita!

Um deck no alto do seu 25º andar oferece uma vista panorâmica de 330 graus de Tokyo.

É possível ver os arranha-céus de Shinjuku e Ikebukuro, bem como a Tokyo Sky Tree.

Além disso, em um dia claro você pode até ver o Monte Fuji!

Outra dica é que a vista é melhor ao entardecer e à noite.

Do outro lado do andar há um restaurante com vista para Otemachi, Ginza e o Palácio Imperial.

Para acessar: desça na Korakuen Station ou Kasuga Station das Marunouchi, Namboku, Oedo ou Mita Lines.

 

26 – SakuraNoYama em Narita

SakuraNoYama Park: cerejeiras e aviões num mesmo lugar
SakuraNoYama Park: cerejeiras e aviões num mesmo lugar

Como consta no próprio nome: sakura!

Se você vem ao Japão durante a primavera, este é um dos lugares imperdíveis: SakuraNoYama: Cerejeiras em Narita.

Será uma grande oportunidade para ver grandes aviões junto com a beleza da florada dos sakuras!

Então, embora não seja tão próximo da região central, Narita é uma boa opção de passeio de graça em Tokyo!

Todavia, fora da época das cerejeiras, escolha outra opção da lista para desfrutar!

 

27 – Jardim japonês do Hotel New Otani

Jardim japonês do Hotel New Otani
Jardim japonês do Hotel New Otani

Se você tiver acesso fácil à Ginza Line ou Marunouchi Line vá até a Akasaka-mitsuke Station.

Serão apenas 3 minutos de caminhada.

Siga para o Hotel New Otani e conheça um dos mais  belos jardins japoneses.

A hospedagem neste lindo Hotel não é das mais baratas, porém, a visita a seu jardim é totalmente de graça em Tokyo!

Com certeza renderá belos momentos de paz e belíssimas fotografias!

 

28 – Caretta Shiodome Sky View

Caretta shiodome e sua iluminação de inverno
Caretta shiodome e sua iluminação de inverno

Pretende passar o inverno em Tokyo?

Aproveite para conhecer a famosa iluminação do Caretta Shiodome, feita especificamente nesta época do ano!

Em outros meses, vale a pena conhecer o prédio de 47 andares com vários restaurantes e sua visão panorâmica.

Aliás, é claro, o acesso ao Sky View é totalmente gratuito!

Para chegar a este incrível shopping, basta uma caminhada de 5 minutos da Shimbashi Station na Yamanote Line.

 

29 – Santuário Nezu e o festival das Azaleias

Caminhos floridos do Santuário Nezu em Tokyo
Caminhos floridos do Santuário Nezu em Tokyo

Nezu Shrine também conhecido como Nezu Jinja é um santuário budista em Tokyo.

Um local perfeito para ser visitado durante a primavera – no mês de abril!

Afinal, é nesta época que ocorre o Festival das Azaleias de Bunkyo!

Seus quase 3000 arbustos de azaleias criam esta explosão de cores!

Aliás, por estar localizado bem próximo do Zoo de Ueno, é uma boa dica após visitar o Panda Gigante do Japão!

 

30 – Showa Kinen Koen

Tulipas em Tokyo: Showa Kinen Koen
Tulipas em Tokyo: Showa Kinen Koen

Fui conhecer este parque durante a primavera, quando ocorre o Festival das Tulipas!

Porém, se você for em outra época, poderá desfrutar de outras floradas!

Surpreendentemente descobrimos este parque, que parece pouco divulgado pelo tanto de belezas que ele oferece.

Um acesso muito fácil e apenas 30 minutos da estação central de Tokyo!

Então, você pode conferir mais fotos e dicas de acesso no tópico Tulipas em Tokyo – Showa Kinen Koen

 

 

Provavelmente esta lista te ajudará a desfrutar melhor e descobrir o que fazer em Tokyo!

Muitos destes locais são cartões postais que devem fazer parte do seu roteiro!

Agora é organizar seu passeio e escolher quais pontos turísticos você considera imperdível!

 

Qualquer dúvida, escreva pra gente nos comentários!

 

Boa viagem!

 

Encontre hotéis, pousadas e até hostels MUITO mais barato e para qualquer destino no mundo:

Booking.com

Seguros Promo

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

2 Comentários
  1. Flavia Diz

    Bob, meu roteiro em Tokyo acabou de ganhar um upgrade com seu post hehe
    Anotei muitas das suas dicas. Muito obrigada 😉

    1. Novo Cálculo da Rota Diz

      Flávia, que ótimo que pudemos ajudar!

      Depois que voltar da viagem, volte pra nos contar como foi a experiência! Vocês vão adorar!

      Ótima semana!