A vida em movimento!

Tokyo Imperial Palace

a residencia oficial do imperador japonês e os imensos jardins

Tokyo Imperial Palace - ōtebashi Bridge
0

Se você estiver indo para Tokyo, inclua a visita ao Tokyo Imperial Palace (ou Palácio Imperial de Tokyo) no seu roteiro!

Mesmo em uma dia nublado, este foi um dos passeios que ficou guardado na minha memória.

Tanto pela importância cultural, mas pela beleza, limpeza e extremo cuidado dos japoneses nesta região.

Como chegar?

Sempre que você falar de Tokyo a referência será a Tokyo Station (estação Central de Tokyo).

E o Tokyo Imperial Palace e seus jardins, estão localizados há apenas 10 minutos de caminhada da Tokyo Station!

Basta sair da estação e você já verá algumas placas indicando o sentido para a caminhada.

Tokyo Imperial Palace (ou Palácio Imperial de Tokyo)

O interior do Tokyo Imperial Palace fica fechado por motivos de segurança praticamente durante todo o ano.

A exceção é para o dia 23 de Dezembro (aniversário do Imperador) e para o dia 2 de Janeiro (comemorações do Ano Novo), onde o imperador vai até a varanda acenar para o público.

Caso sua visita seja nestas 2 datas acima, aproveite para se juntar à multidão que vai até o local ovacionar o grande Imperador!

Em dias normais, também é possível fazer um tour guiado (em inglês) entre as terças e sábados das 10:00 as 13:30 hs e você pode inclusive garantir seu lugar, fazendo uma inscrição online no site oficial.

Dependendo da data de sua visita, é possível ir até o local e conseguir inscrição momentânea.

Lembrando, que você não vai entrar no palácio oficial em si, mas vai passar em frente e conhecer todas as outras construções do gigantesco jardim.

Eu não consegui fazer o tour guiado porque fui já no fim de tarde, mesmo assim, fiz um passeio muito incrível por todo os outros locais que são abertos ao público até as 17:00 hs, veja abaixo.

 

Imperial East Garden

Talvez este seja um dos maiores atrativos do local, pois a própria residência do Imperador é uma construção super modesta.

Já os jardins, são de enorme exuberância e muito bem cuidados.

Tenha uma noção do tamanho da área que você vai encontrar e prepare as pernas para a caminhada por estes 3,4 quilômetros quadrados de jardins!

Inclusive está destacado em vermelho, a rota do tour guiado. Veja que ele passa por uma pequena parte do jardim!

Mapa do East Gardens
Mapa do East Gardens

Todo o jardim é guardado pelos fossos/rios artificiais para aumentar a segurança.

Ao passar pela guarda, você recebe um cartão plástico informando o horário máximo de saída do jardim, que você deve entregar ao final da visita.

Acesso ao East Gardens do Tokyo Imperial Palace
Acesso ao East Gardens do Tokyo Imperial Palace

Enormes paredões de pedra também fazem parte da fortaleza e você sempre os verá nos limites do jardim:

Os paredões de pedra que protegem o Tokyo Imperial Palace
Os paredões de pedra que protegem o Tokyo Imperial Palace

 

Tenshukaku Donjon – Edo Castle

Ainda nos jardins, estará o Edo Castle (ou a estrutura que sobrou dele).

Sua construção havia sido concluída em 1607, com uma torre principal (donjon) de 58 metros no total.

A edificação total do Edo Castle possuía 5 andares.

Era a maior torre (donjon) já construída no Japão, porém, foi destruída no grande incêndio de 1657.

Nunca mais foi reconstruída e apenas esta parede de pedra da sua estrutura foi mantida (a qual mede 10 metros).

A base da torre principal (donjon) do Edo Castle que foi construído em 1607
A base da torre principal (donjon) do Edo Castle que foi construído em 1607

De dentro de dela, você consegue observar uma pequena parte do imenso e bem cuidado jardim:

O jardim visto da estrutura do donjon do Edo Castle
O jardim visto da estrutura do donjon do Edo Castle

Tōkagakudō (Music Hall)

Também dentro do jardim, é possível ver o Tōkagakudō, o salão de música do East Garden.

Tōkagakudō - O salão de música - Music Hall do East Garden
Tōkagakudō – O salão de música – Music Hall do East Garden

 

Lírio da Aranha Vermelha / Red Spider Lilly / Lycoris Radiata

Em vários cantos do jardim, você irá observar este lírio de beleza inconfundível.

Tanto que me despertou curiosidade de realizar uma pesquisa posterior:

Red Spider Lily / Lycoris radiata
Red Spider Lily / Lycoris radiata

Cada flor é formada a partir de 4 partes e na foto que tirei acima, apenas 1 delas já estava totalmente aberta.

Ela sinaliza a chegada do Outono, e quando aberta assume a forma de aranha com um caule de 30 a 70 cm de altura.

Originária da China, Coréia e Nepal foi introduzida e espalhada por alguns cantos do Japão.

Dizem que seus bulbos são venenosos e utilizados no Japão para cercar casas e arrozais e manter afastados os ratos e pragas.

Muitos budistas utilizam também para enfeitar túmulos e realizar homenagem aos antepassados.

Desta maneira, por estar também associado à morte, nunca presenteie alguém com um buquê destes lindos lírios da aranha vermelha.

 

Saída do East Garden

Nos portões de saída do East Garden, você tem um choque entre o tradicional e o moderno.

Ainda dentro do jardim, você consegue ver a modernidade de Tokyo ao fundo, com seus enormes prédios.

Saída do East Gardens
Saída do East Gardens

É muito próximo desta saída, que você chega novamente às pontes de acesso ao Tokyo Imperial Palace.

Ali, ainda na área externa você tem estas lindas áreas gramadas e cobertas por estas árvores simétricas.

As proximidades do Tokyo Imperial Palace
As proximidades do Tokyo Imperial Palace

E ali, logo de frente à estes enormes aranha céus, você tem novamente outro choque.

Vendo a Nijubashi Bridge e a ponte de acesso ao Tokyo Imperial Palace!

 

Double Bridge (ōtebashi) e a Fujimi-yagura (casa de Guarda Monte Fuji)

Especula-se que a ōtebashi (a ponte de pedra da foto abaixo) e a Nijubashi (ponte de metal ao fundo da ponte de pedra) são as pontes mais fotografadas do Japão.

Também é conhecida por Double Bridge, por causa do duplo arco que forma sua estrutura principal:

Tokyo Imperial Palace - ōtebashi Bridge
Tokyo Imperial Palace – ōtebashi Bridge

Muitos confundem esta construção observada ao fundo da ponte, como sendo o Palácio Imperial.

Porém, ele é apenas uma das casas de guarda (conhecida como Fujimi Yagura, casa de Guarda Monte Fuji) do Tokyo Imperial Palace.

É apenas um nome de batismo, pois é praticamente impossível visualizar o Monte Fuji desta localização.

(eu consegui ver o Monte Fuji pela primeira vez, num Shinkansen à caminho de Osaka)

Porém, a beleza desta casa de guarda merece destaque:

Fujimi Yagura, casa de Guarda Monte Fuji do Tokyo Imperial Palace
Fujimi Yagura, casa de Guarda Monte Fuji do Tokyo Imperial Palace

 

É também ali pertinho das famosas pontes, que você observa uma das casas de segurança externas, que circundam o Palácio e os jardins:

As casas de segurança do Tokyo Imperial Palace
As casas de segurança do Tokyo Imperial Palace

 

E mesmo o tempinho nublado e a chuva, não tiraram a beleza deste passeio!

Maiores informações no site oficial (em inglês).

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.