Blog de viagens com roteiros, destinos, dicas de hospedagem e passeios.

Panda gigante e o zoológico de Ueno em Tokyo

Um trabalho em conjunto com a China contra a extinção do panda gigante!

Urso Panda no Zoológico de Ueno em Tokyo
0 73

O panda gigante de Tokyo ou melhor, a família de ursos panda gigantes que vivem no zoológico de Ueno são a principal atração deste zoo!

Sou contra a exploração de qualquer tipo de animal, mas aqui a história é outra.

O urso panda gigante esteve na lista de animais em risco de extinção por várias décadas e finalmente em 2016, graças a um grande esforço da China, o panda diminuiu seu real risco de extinção.

Foi com o apoio dos chineses e as tentativas de procriação de pandas em cativeiro, que em 1972 os primeiros pandas gigantes vieram da China para o Ueno Zoo.

O projeto é uma cooperação que envolve também o San Diego Zoo (Estados Unidos) e o Beijing Zoo (China – Pequim).

Por um período, um único panda gigante habitava o Zoo de Ueno, Ling Ling viveu até seus 22 anos e foi  também o mais velho panda gigante do Japão. Com sua morte em 2008, um casal de pandas passou a viver em Ueno.

Ri Ri e Shin Shin chegaram ao zoológico em 2011 e são o grande charme desde então.

 

Primeiro filhote de Panda a nascer no Zoológico de Ueno

Em 12 de Junho de 2017, a população japonesa teve uma incrível notícia!

O primeiro filhote de panda havia nascido e vingado no zoológico!

Era uma linda filhote de panda que estava crescendo saudavelmente!

Minha visita ao zoo foi em Agosto de 2017, então, o bebê panda ainda estava na “maternidade” numa área restrita junto com sua mãe Shin Shin.

Apenas o Ri Ri, o pai orgulhoso estava na área aberta ao público:

Ri Ri - O panda gigante de Ueno em Tokyo
Ri Ri – O panda gigante de Ueno em Tokyo

Um grande telão exibia videos e imagens da filhote para o público. Esta foi a foto que divulgaram para a imprensa da mais nova moradora:

Foto da panda gigante Xiang Xiang ainda com 10 dias de vida em 2017
Foto da panda gigante Xiang Xiang ainda com 10 dias de vida em 2017

Shin Shin, a panda mãe, agora com 11 anos, perdeu em 2012 um filhote com apenas seis dias de vida.

Foi tanta comoção com a nova filhote,  que Zoo bateu recorde de visitação das últimas décadas.

Houve até uma votação pública para decidir o nome da filhotinha.

A bebê panda recebeu o nome de Xiang Xiang e em 2018 fará sua primeira aparição para o público.

 

Mais sobre o Zoo de Ueno

Inaugurado em 1882 é o mais antigo zoológico do Japão.

Abriga hoje 3000 animais de 400 espécies diferentes.

E como o nome oficial diz “Ueno Zoological Gardens”, o lugar não é dedicado apenas aos animais, mas também aos seus lindos e bem cuidados jardins.

Um exemplo é esta pagoda de 5 andares e a casa da cerimônia de chá:

Pagoda de 5 andares no Zoo de Ueno
Pagoda de 5 andares no Zoo de Ueno

Originalmente esta pagoda foi construída em 1631, reconstruída após a destruição pelo fogo, e em 1958 o proprietário, o templo Kan’ei-ji, a ao Governo Metropolitano de Tóquio, que atribuiu sua administração ao Jardim Zoológico de Ueno.

A casa da cerimônia de chá foi construída para entreter Shoguns no século XVII, e ainda é uma estrutura histórica no zoológico.

Outra área que me chamou atenção no zoo, foi a dos pássaros, que é enorme e tenta recriar um espaço mais parecido possível com a natureza.

Pássaro azul no Zoo de Ueno
Pássaro azul no Zoo de Ueno
Pássaro no Zoo de Ueno
Pássaro no Zoo de Ueno

O panda Ri Ri é realmente um charme. Mas é um panda dos mais preguiçosos.

Prepare-se para ficar horas ali torcendo para ele aparecer.

Eu tirei quase 300 fotos antes de conseguir acertar esta fotografia abaixo.

O panda gigante Ri Ri no Zoo de Ueno
O panda gigante Ri Ri no Zoo de Ueno

A impressão que dá é que ele fica entediado de ver tanta gente ali na frente do seu espaço.

Até quando vai comer bambu o panda virava as costas pros visitantes (que nem foram convidados por ele).

 

Será que estes bichinhos são felizes?

Tenho sentimentos mistos quanto a isso.

Os animais tem acompanhamento veterinário, ótimos cuidados, boa alimentação e limpeza excepcional.

As jaulas ao longo do tempo foram substituídas por ambientes que tentam recriar seu habitat natural.

Há muito estudo e profissionais envolvidos para cuidar do bem estar dos animais.

Porém, eles não deixam de estarem presos e isso me incomoda. Não no caso do urso panda, que é criado em cativeiro na tentativa de preservação e a entidade tem um trabalho sério quanto a isso e a soltura de animais na natureza (na China).

Por outro lado, se pensarmos, nós humanos também vivemos em escritórios fechados e comendo comida enlatada.. Temos nossa liberdade subtraída tendo que fugir dos bandidos que assolam as grandes metrópoles..

Não vi nenhum animal sofrendo maus tratos, como por exemplo, o absurdo do zoológico na Argentina que seda os tigres e leões para os turistas tirarem fotos. Um lugar destes eu tenho certeza que nunca visitaria – ou visitaria com o intuito de realizar um protesto.

As vezes eu olhava para algum animal na sua jaula e tinha a impressão de que eram eles que tentavam observar o comportamento maluco dos humanos.. risos

Ueno Zoo - De que lado da jaula estão os animais?
Ueno Zoo – De que lado da jaula estão os animais?

 

O causo da Segunda Guerra com o Zoo de Ueno

O lindo lugar que hoje abriga o panda, passou pela segunda guerra mundial e pelo menos 2 episódios tristes.

Na época, por precaução os animais mais perigosos foram mortos para evitar que fugissem pelas ruas e causassem pânico na população. Mas, a tristeza não acaba aí.

Como a imbecilidade humana não tem limites, em 1945 logo após o bombardeio em Tóquio, o soldado americano Ray “Hap” Halloran foi capturado e exposto nu na jaula do tigre no Zoo de Ueno.

Assim, a população podia passar pela frente da jaula e ver o prisioneiro do avião B-29 utilizado nos bombardeios.

Este episódio já foi superado e serviu inclusive de incentivo para a “reconciliação” entre as nações envolvidas. Ray foi devolvido para as tropas americanas e décadas depois inclusive visitou o Japão e reencontrou seus captores.  Em 2011 ele faleceu aos 89 anos em sua terra natal.

Thai Pavilion no Zoo de Ueno

Outra particularidade é o pavilhão Thai que existe dentro do zoológico de Ueno.

 

Thai Pavillion no Zoo de Ueno
Thai Pavillion no Zoo de Ueno

Este pavilhão foi um presente dado pelo governo real da Tailândia para marcar o 120º aniversário das relações diplomáticas entre os 2 países, em 26 de Setembro de 2007 e servindo como um símbolo dos laços estreitos de amizade entre os dois países.

Este é o escrito original gravado nesta pedra ao canto direito:

This Thai Pavilion (Sala Thai) is a gift from the Royal Thai Government to mark the 120th Anniversary of Diplomatic Relations between Thailand and Japan on the 26th September 2007, and to serve as a symbol of the close ties of friendship between the two countries.

 

Ueno Park

Antes de chegar ao Zoo, você passará também pelo Ueno Park (上野公園, Ueno Kōen) – este espaço é totalmente aberto ao público e gratuito.

É uma enorme área arborizada que inclusive é palco da florada do Sakura (cerejeiras) no Japão – geralmente entre Março e Abril em Tokyo.

Torii na área do Ueno Park em Toyko
Torii na área do Ueno Park em Toyko

Ao lado do parque, quase na entrada do Zoo, no fim de semana estava havendo uma espécie de feira e um evento. Várias opções de comidas típicas pra dar aquela animada com a gastronomia japonesa.

Ali tivemos a oportunidade de experimentar o milho gigante, que é muito mais doce do que estamos acostumados aqui no Brasil e por cima, geralmente passam um molho de churrasco! Nota 10!

Milho gigante em Ueno Park
Milho gigante em Ueno Park

 

Como chegar no Zoo de Ueno em Tokyo?

Nas linhas de metrô do Tokyo, basta seguir para a estação JR Ueno.

Descendo lá, você já vai avistar um bairro totalmente decorado em torno do urso panda!

Endereço:
9-83, Ueno Park, Taito-ku, Tokyo 110-8711, Japão

Dias e horário de funcionamento:
De terça à domingo, das 09:30 hs até 17:00 hs

Taxa de visitação:  
¥ 600
(entrada gratuita em: 20 de março, 4 de maio e 1 de outubro)

 

Confira também o site oficial e o mapa.

 

Principais animais do Zoo de Ueno

Área Leste:
Pandas gigantes, elefantes asiáticos, faisões, corujas da neve, aves de rapina, tigres de Sumatra, leões indianos, gorilas da planície ocidental, gibões, casa de pássaros, caso noturna (cervo de rato, gatos leopardo, loris lenta, morcegos), antas sul-americanas, leões marinhos, ursos (ursos polares, ursos marrons de Hokkaido, ursos solares e ursos negros japoneses), lontras, ibis sagrados, pássaros de Tóquio, macacos (macacos japoneses, colobos negros com manto branco, macacos aranha), lhamas, esquilos, etc.

Área Oeste:
Animais africanos (rinocerontes negros, hipopótamos, hipopótamos, girafas, zebras, okapis), lobos de manada, lêmures, casa de mamíferos pequenos (roedores, porco-espinhos, animais noturnos), tartaruga de galápagos, crocodilo de água salgada, iguana verde, lagartos, cobras, tartarugas japonesas e no zoo infantil (cobaias, coelhos, burros, vacas, lhamas, cabras, ovelhas e outros animais domésticos), etc.

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Já curtiu nossa página no Facebook?
Você receberá notificações das novidades e promoções!