Blog de viagens com roteiros, destinos, dicas de hospedagem e passeios.

Nova estátua de Hachiko: reencontro na universidade

Desta vez Hachiko reencontra Dr Ueno, seu dono e companheiro!

0 378

Visitamos a nova estátua de Hachiko que fica na Universidade de Tokyo e um senhor na guarita de entrada, tornou nosso dia muito mais especial!

Provavelmente você já conheça a primeira estátua de Hachiko em Shibuya, que simboliza a espera diária do cachorro pelo seu dono na estação de trem.

Pretende viajar pra cá?

Confira nosso completíssimo roteiro ao Japão!

Um guia com dicas sobre Tokyo, Hiroshima, Himeji, Osaka, Nara e Kyoto.
Como usar o trem bala do Japão (shinkansen) e se vale a pena comprar o Japan Rail Pass, pontos turísticos a visitar em cada província, as melhores comidas do Japão, custos e hospedagem!

 

Um resumo da história de Hachiko

No entanto, se ainda não conhece veja a história completa de Hachiko aqui.

Hachiko já teve sua história contada em 3 filmes.
Além das duas versões japonesas, uma versão de Hollywood: Sempre ao seu lado, estrelado por Richard Gere.

Nascido em Odate, no ano de 1923 este cãozinho da raça Akita foi posteriormente adotado pelo Dr. Eisaburo Ueno, um professor do Departamento Agrícola da Universidade de Tokyo.

Sobretudo, após ser batizado como Hachiko, cria e criador se tornaram amigos inseparáveis.

O professor Ueno morava em Shibuya, subúrbio de Tokyo, perto da estação de trem.

Por isso, todas as manhãs ia até a estação de trem acompanhado de Hachiko.

Aliás, no fim de tarde Hachiko sempre retornava para encontrar seu dono na estação.

A morte do Dr Ueno

Então, numa tarde de 1925, o professor Ueno sofreu uma espécie de um AVC durante seu trabalho na faculdade e faleceu.

Hachiko, na época com menos de 2 anos de idade, esperou seu dono pacientemente na estação como sempre fazia. Como resultado, naquele dia a espera durou até a madrugada…

Nesse meio tempo, o cãozinho ainda foi adotado por parentes, teve outros lares mas parecia se recusar a aceitar a partida do seu dono.

Mas, sempre fugia da sua casa atual e retornava à casa onde morou com Dr. Ueno.

Depois de certo tempo, aparentemente o cão se deu conta de que o professor Ueno não morava mais ali.

Porém, continuava a ir todos os dias ia até a estação de Shibuya para esperar seu dono!

Seja como for, fez isso dia após dia, ano após ano, em meio aos apressados passageiros.

Hachiko esperou seu dono por 9 anos

O cão exemplar envelheceu, tornou-se muito fraco e em 1935, com 11 anos de idade, deu seu último suspiro no mesmo lugar onde por anos a fio esperou pacientemente por seu dono.

A morte de Hachiko estampou as primeiras páginas dos principais jornais japoneses e um dia de luto foi declarado.

Aliás, a estátua em sua homenagem foi criada com o cão ainda em vida, mas assim como o cão, a sua estátua também sofreu bastante.

Teve algumas mudanças de endereço e chegou até mesmo a ser derretida durante a guerra.

Por fim, a estátua de Hachiko ganhou vida novamente só em 1948.
Tekeshi Ando, o filho do criador da primeira estátua foi contratado para esculpir uma nova estátua.

Sobretudo, a réplica foi reintegrada no mesmo lugar da estátua original, em uma cerimônia realizada no dia 15 de agosto.

A atual estátua de Hachiko em Shibuya
A atual estátua de Hachiko em Shibuya

 

A nova estátua de Hachiko na Tokyo University

Portanto, o Dr Ueno, dono e companheiro de Hachiko, era professor da Universidade de Tokyo.

Além de ter lecionado quase 20 anos na instituição, o professor era grande colaborador nas pesquisas de engenharia agrícola e como sabemos, infelizmente foi ali também onde ele veio a falecer em 25 de maio de 1925 durante o seu trabalho.

Já Hachiko, resistiu quase por uma década, na longa espera diária pelo seu dono até sua morte em 8 de março de 1934.

Assim sendo, em 8 de março de 2015 no 81º aniversário de morte do cão mais leal do Japão, a Universidade de Tokyo inaugurou uma nova estátua de Hachiko, celebrando o reencontro com o Dr Ueno!

Esta estátua foi esculpida em bronze, por Tsutomu Ueda, um jovem de 39 anos na época da criação.

Nossa visita e o encontro de Hachiko com professor Ueno

De fato não havia muitas informações na internet sobre a localização exata desta escultura e tínhamos saído de casa num sábado para fazer uma longa caminhada até encontrar este cãozinho especial.

Por isso, só ao chegar próximo do campus da Universidade de Tokyo, percebemos que havia muitos mais prédios e especializações que podíamos imaginar.

Então, paramos num posto policial e pedimos informação sobre onde seria a entrada para a Universidade de Tokyo e onde ficava a tal estátua. O policial não demonstrou muita certeza sobre o local, mas pediu para seguirmos um longo muro e ali haveria um portão onde poderíamos pedir mais informações.

Lá chegando, encontramos um senhor na guarita e a Yumi, em japonês, disse que estávamos procurando a estátua de Hachiko e se ele poderia nos ajudar.

A resposta dele foi:
“Ahhh! Vocês estão procurando o Hachiko?
Ele está esperando por vocês!”

E nos indicou o caminho.
Mesmo que seja um gesto tão simples, aquilo mudou a nossa visita e lembramos disto até hoje!

Mais uma vez o Japão e a simpatia do seu povo nos surpreendeu.

Uma tarde feliz com o Hachiko
Uma tarde feliz com o Hachiko

Inclusive esta nova estátua de Hachiko traz um certo alívio com a felicidade de Hachiko e Dr Ueno com o reencontro!

A nova estátua de Hachiko e o reencontro com o professor Ueno!
A nova estátua de Hachiko e o reencontro com o professor Ueno!

Afinal, a primeira estátua em Shibuya, traz um semblante triste do cachorro na espera sem fim pelo seu amigo.

A nova estátua de Hachiko e a felicidade do reencontro!
A nova estátua de Hachiko e a felicidade do reencontro!

A plaquinha que conta um pouco da história de lealdade entre cria e criador:

A nova estátua de Hachiko: a plaquinha com a história
A nova estátua de Hachiko: a plaquinha com a história

 

Como chegar na nova estátua de Hachiko na Universidade

Sem dúvida a maneira mais fácil é descendo na Todaimae Station/N12 da Nomboku Line.

A saída da estação já é unida diretamente com o muro da Universidade de Agricultura de Tokyo:

Nova estátua de Hachiko - Tokyo University - Todaimae Station
Nova estátua de Hachiko – Tokyo University – Todaimae Station

Aliás, seguindo a área murada (saindo da estação e virando à sua esquerda) em 200 metros você já verá o portão:

Nova estátua de Hachiko - Portão da Tokyo University
Nova estátua de Hachiko – Portão da Tokyo University

Por fim, após o portão basta virar à sua esquerda que Hachiko também estará a sua espera!

 

Endereço da estátua de Hachiko na Universidade de Agricultura de Tokyo:
〒113-0032, 1 Chome-1-1, Yayoi, Bunkyō-ku, Tōkyō-to Japão
Veja também o mapa.

Dias e horário de funcionamento:
Todos os dias, 24 horas por dia

Taxa de visitação:  
Totalmente gratuito

Além disso, outra dica é que o Santuário Nezu do festival das Azaleias fica ali pertinho e vale a visita na primavera!

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.