Blog de viagens com roteiros, destinos, dicas de hospedagem e passeios.

Asakusa – Templo Sensoji o mais antigo de Tokyo

Um bairro de Tokyo que abriga um Templo Budista inaugurado no ano de 645!

0 201

Asakusa é um bairro de Tokyo onde está instalado o mais antigo templo budista da cidade: Templo Sensoji (浅草寺, Sensōji, também conhecido como Asakusa Kannon Temple)!

Uma antiga lenda do ano 628, diz que dois irmãos pescaram uma estátua de Kannon (deusa da misericórdia) no Rio Sumida. Tentaram por algumas vezes devolvê-la ao rio, mas sempre a estátua voltava pra eles (tenso não?).

Por consequência, o Templo Sensoji foi construído próximo da deusa de Kannon.

Em 645 o templo já estava inaugurado, tornando-se o mais antigo de Tokyo!

Pretende viajar pra cá?

Confira nosso completíssimo roteiro ao Japão!

Um guia com dicas sobre Tokyo, Hiroshima, Himeji, Osaka, Nara e Kyoto.
Como usar o trem bala do Japão (shinkansen) e se vale a pena comprar o Japan Rail Pass, pontos turísticos a visitar em cada província, as melhores comidas do Japão, custos e hospedagem!

Obviamente hoje em dia o templo é mais completo e conta com novas edificações, porém, o fator histórico é impressionante até mesmo por ter resistido à Segunda Guerra Mundial.

Chegando no templo, a gente passa primeiro pelo Kaminarimon (portão do trovão):

Kaminarimon Gate - Portão do Trovão no Templo Sensoji em Asakusa
Kaminarimon Gate – Portão do Trovão no Templo Sensoji em Asakusa

Além da imensa lanterna de papel ao centro do porão, temos à direita: Fujin (deusa do vento).
À esquerda do portão: Rajin (deusa do trovão).

As estátuas afastam os maus espíritos e purificam os visitantes que adentram o templo!

Na sequência temos a Nakamise, uma grande rua de 200 metros de comprimento carregada de lojinhas com lembranças do Japão (kimono, yukata, leques, chaveiros, imãs), além das comidas típicas (sembei, kibidango, ningyoyaki).

Lembrancinhas de Nakamise no Templo Sensoji de Asakusa em Tokyo
Lembrancinhas de Nakamise no Templo Sensoji de Asakusa em Tokyo

Já é nesta mesma rua onde estão as principais atrações do Templo Sensoki.

Nas proximidades

Aliás, bem próximo dali está a torre mais alta do Japão: a Tokyo SkyTree.

A principio eu sempre brincava que pra dizer que conheceu Tokyo, você deve visitar ao menos a SkyTree e a Tokyo Tower!

Por fim, devido a uma série de imprevistos e outros eventos, a Tokyo Tower eu só fui conhecer durante minha quarta visita ao Japão!

Só que a própria SkyTree que está ali sempre me olhando de longe eu ainda não consegui visitar! risos

Então, fiz a promessa de que na próxima viagem em janeiro de 2019 irei finalmente conhecer a maior torre do Japão e me tornar um turista oficial!

Enquanto isso não acontece, convido vocês a um tour virtual pelos olhos dos nossos amigos da Let’s Fly Away na Tokyo Skytree!

 

O Templo Sensoji em Asakusa

Uma das principais edificações do Templo Sensoji é a pagoda de 5 andares, uma réplica fiel da original, erguida novamente em 1923 por não ter resistido à Segunda Guerra Mundial.

A pagoda de 5 andares do Templo Sensoji em Asakusa
A pagoda de 5 andares do Templo Sensoji em Asakusa

São vários os rituais de purificação para quem adentra o Templo.

Desde o enorme incensário no meio do hall principal, onde a lenda diz que você deve espalhar a fumaça dos incensos pelo corpo (você encontra incensos à venda nas lojinhas do templo).

E também as fontes de água, onde encontramos este figurinha se divertido horrores:

Fonte de Purificação no Templo Sensoji em Asakusa
Fonte de Purificação no Templo Sensoji em Asakusa

Devidamente purificados, subimos o último lance de escadas.

Ali temos mais uma enorme lanterna – um local de agradecimentos, e um grande salão onde fica uma espécie de altar das divindades e o santuário.

Agradecimento em Asakusa
Agradecimento em Asakusa

Do santuário propriamente dito pedem para não tirar fotos.
Então para conferir toda a beleza, você terá que ir até lá!

O altar das divindades no Templo Sensoji de Asakusa
O altar das divindades no Templo Sensoji de Asakusa

O santuário é laminado a ouro e incrível beleza.
Logo a sua frente no altar, há uma enorme caixa de madeira (saisenbako) destinada a doações.

Ali você deve jogar uma moeda para o alto, bater 2 palmas e fazer seu pedido, agradecimento ou oração.

Dizem que não deve-se economizar no valor da moedinha, porque o importante aqui é que sua moeda faça barulho ao adentrar a caixa (existe uma espécie de grelha no topo da caixa).

Decerto, como a moedinha de 1 iene é a única que é de alumínio, não irá fazer barulho algum.. risos

Antes de mais nada, uma visão geral do templo, ali de cima do altar:

Um panorama do Templo Sensoji em Asakusa
Um panorama do Templo Sensoji em Asakusa

Omikuji – Os papéis da fortuna

Primeiramente, voltando ao hall principal do templo, vi uma grande aglomeração de pessoas no Omikuji.

A principio, uma tradição bem comum em templos budistas e xintoístas.

Você deposita uma moedinha de 100 ienes e sorteia uma das varinhas de madeira.
Nesta varinha, estará no fundo um número (em japonês).

Então, você procura este número que sorteou nas diversas gavetinhas e pega o seu papel da fortuna.

Como era a minha primeira vez, é claro que eu queria um papel da fortuna!
Dizem que você deve guardar na carteira a mensagem positiva que receber.

Omikuji - O papel da fortuna em Asakusa
Omikuji – O papel da fortuna em Asakusa

Por certo, a maior surpresa foi descobrir que nem sempre vem uma fortuna!

Então, ao ler a mensagem (que está em japonês na frente e em inglês no verso) descobri que tirei uma bad fortune! Neste caso, não se preocupe! Nem tudo está perdido.

Quando sua mensagem é negativa, você deve dobrar seu papelzinho e amarrá-lo ali mesmo no templo!

Aliás, de tempos em tempos eles recolhem os papeis amarrados e o queimam…
Dessa forma, você estará livre do seu azar!

Me livrando do Bad Fortune ali mesmo em Asakusa
Me livrando do Bad Fortune ali mesmo em Asakusa

Depois desta tentativa de tirar a sorte na fortuna, decidi que nos próximos templos vou usar os 100 yenes para comprar um docinho japonês.

Jardins do Sensoji em Asakusa
Jardins do Sensoji em Asakusa

Outras curiosidades de Asakusa

O bairro de Asakusa possui um dos distritos de gueixas em Tokyo! (mas, não vi nenhuma.. risos)

Da mesma forma, se você gosta de tradição, aproveite para conhecer o Hanayashiki, o mais antigo parque de diversões do Japão (inaugurado em 1853).

Aliás, muito próximo de Asakusa está o Rio Sumida que oferece passeios de barco para outros locais de Tokyo.

Um destes locais é Odaiba a ilha artificial de Tokyo, confira nosso passeio lá!

 

Como chegar em Asakusa?

O Templo Sensoji fica muito próximo da estação de Asakusa na linha Ginza.
Dessa forma, caso você esteja vindo da estação central de Tokyo, pegue a linha Yamanote até a estação Kanda.
Dali, basta transferir para linha Ginza e seguir até a estação Asakusa.

Taxa de visitação: grátis

Horário: 06:00hs até 17:00 hs – de outubro a março a abertura ocorre as 06:30hs
(todos os dias)

Endereço: 2 Chome 3-1, 111-0032, Taito-ku, Tokyo – Japão

Confira também o site oficial e o mapa.

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.