Blog de viagens com roteiros, destinos, dicas de hospedagem e passeios.

Kinkaku-Ji – O Templo Dourado em Kyoto

O mais exuberante e visitado templo do Japão

0 267

Um dos cartões postais que não faltaria na minha viagem ao Japão em 2017 era o Kinkaku-Ji O Templo Dourado em Kyoto.

Também conhecido como Pavilhão Dourado, este templo é parte da lista do Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1994.

Foi o local com a maior aglomeração de turistas, mas nada tirou a beleza do lugar!

Com um pouquinho de paciência, em alguns minutos você já terá arrumado um cantinho para admirar a beleza do lugar!

 

A história do Kinkaku-Ji O Templo Dourado em Kyoto (Rokuon-ji)

A construção finalizada em 1397, pertencia ao poderoso estadista Saiojin Kintsune.

Porém, quando a vila foi comprada pelo Shogun Ashikaga Yoshimitsu foi feita a transformação para o complexo Kinkaku-ji, com a ideia de servir apenas como uma vila de descanso após sua a aposentadoria.

Com a morte de Yoshimitsu a construção principal foi convertida pelo seu filho num templo zen budista.

Apesar de toda a exuberância atual, todas as construções do complexo foram queimadas durante a guerra de Onin (1467-1477).

E após sua reconstrução, novamente em 1950 o templo passou por outro incêndio causado por um monge que sofria de distúrbios mentais.

Este templo que conhecemos hoje é resultado de uma reconstrução feita em 1955 e muito fiel à estrutura original.

 

A estrutura do templo

O pavilhão tem 3 andares num total de 12,5 metros de altura.

Com exceção do térreo, todos os andares são cobertos por uma espessa folha de ouro puro (o que dizem ser a maior diferença do projeto original que usava folhagem mais fina).

O pavilhão principal do Kinkaku-ji
O pavilhão principal do Kinkaku-ji

Outra grande importância é que sua construção incorpora 3 estilos diferentes de arquitetura em cada andar (shinden, samurai e zen).

O primeiro andar, denominado Templo de Dharma da Água (Hou-sui-in), é representado em estilo shinden-zukuri , remanescente do estilo residencial da aristocracia imperial heian do século XI . A maioria das paredes internas tem acabamento em madeira natural e gesso e com as paredes externas feitas com persianas que podem controlar a quantidade de luz e ar no pavilhão.

Já no segundo andar, chamado de Gruta das Ondas Sonoras (Chou-on-dou), utilizou-se o estilo de aristocratas guerreiros, ou buke-zukuri . Neste piso, portas de madeira deslizantes e janelas trancadas criam uma sensação de impermanência. Também contém um Salão de Buda e um santuário dedicado à deusa da misericórdia, Kannon.

O terceiro andar é construído em estilo chinês tradicional conhecido como zenshū- butsuden -zukuri .
É chamado de Soberba Cúpula (Kukkyou-chou) e a tipologia zen representa o ambiente mais religioso no pavilhão.

O telhado possui o formato de piramide com telhas de palha e no topo há ainda uma fênix chinesa.

 

Visitando o Kinkaku-Ji O Templo Dourado em Kyoto

É curioso na chegada porque ao desembarcar do ônibus e ir até a entrada do templo, não é possível ter ideia da grandiosidade do lugar.

Você passa por um extenso caminho de pedras, com cercas de bambu ao redor e então chega até o local principal da bilheteria, com lindos jardins durante todo o percurso:

Caminho de entrada para o Kinkaku-ji
Caminho de entrada para o Kinkaku-ji

As primeiras construções já de dão ideia do que você vai encontrar a seguir.

Arquitetura da entrada do Kinkaku-ji
Arquitetura da entrada do Kinkaku-ji

Apesar de todos os cuidados com a entrada do templo, a surpresa quando você virá o último corredor antes de dar de frente com o templo dourado refletido no lago é indescritível.

Você também toma um susto com a quantidade de turistas, mas aos poucos arruma um lugarzinho pra apreciar o templo e fazer algumas fotos.

O primeiro contato com o Kinkaku-ji
O primeiro contato com o Kinkaku-ji

Existe um corredor no jardim ao lado do templo, que você pode percorrer toda sua lateral e ir até o fundo.

Ali também já é um lugarzinho mais calmo para apreciar toda a riqueza do lugar!
É a melhor posição também para observar a fênix no topo do pavilhão.

A lateral e a fenix no topo do Kinkaku-ji
A lateral e a fenix no topo do Kinkaku-ji

O dia escolhido para visitar o templo foi perfeito, por causa do céu limpo e sol intenso.

Ao redor do templo, há um imenso lago que com o reflexo das folhas douradas deixa tudo mais brilhante ainda.

Com um pouquinho de paciência, você arrumar um espaço para apreciar tudo
Com um pouquinho de paciência, você arrumar um espaço para apreciar tudo

 

Como chegar ao Kinkaku-Ji O Templo Dourado em Kyoto?

São 465 km de distância entre Tokyo e Kyoto, porém, com o Shinkansen (trem bala) você faz este trecho em pouco mais de 2 horas.

Outras cidades que estão próximas: Hiroshima 360 km, Himeji 131 km, Osaka 55 km e Nara 42 km.

Já na cidade de Kyoto, vale muito a pena comprar o Kyoto – Sightseeing One Day Pass!

Um passe que lhe dará direito a utilizar os ônibus e trens da cidade, sem li

1 dia: por ¥1,200 (adultos) e ¥600 (crianças)
2 dias: por ¥2,000 (adultos) e ¥1,000 (crianças)

Kyoto - Sightseeing One Day Pass
Kyoto – Sightseeing One Day Pass

O ticket pode ser comprado em qualquer estação de trem de Kyoto.
Nós compramos logo na estação principal na saída do Shinkansen.

Aliás, mesmo que você tenha comprado o JR Pass para usar o shinkansen livremente, o metrô local não faz parte da linha JR.

Por fim, maiores informações no site oficial de turismo.

O Kinkaku-Ji – O Templo Dourado de Kyoto é uma das paradas do ônibus.
Outra maneira é utilizar o trem e descer na estação “Demachiyanagi”, ambas requerem apenas 10 minutos de caminhada para chegar ao templo.

 

Kinkaku-ji

Endereço: 〒603-8361, Kyoto, Kita Ward, Kinkakujicho

Taxa de visitação: ¥ 400

Veja também: Site Oficial, Mapa e Câmera ao vivo

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.