Blog de viagens com roteiros, destinos, dicas de hospedagem e passeios.

Fushimi Inari e os 5000 torii vermelhos em Kyoto

Um templo Xintoísta conhecido pela sequência de milhares de Toriis vermelhos

0 63

Fushimi Inari, o famoso Templo Xintoísta de Kyoto que quase passou batido na nossa viagem!

O local faz parte dos patrimônios mundiais da UNESCO (veja outros que já visitei).

Logo na chegada havíamos comprado o “Kyoto – Sightseeing One Day Pass” que dá direito a utilizar os ônibus e trens da cidade por todo o dia (veja mais detalhes no fim do tópico).

Descobrimos que Kyoto era muito maior do que podíamos imaginar.

Com apenas 2 dias para desbravar a cidade, tínhamos montando um roteiro com as principais atrações que queríamos ver:
Kinkaku-ji O Templo Dourado
Gingaku-Ji o Templo de Prata
Arashiyama – a Floresta de Bambu

Quase no fim do segundo dia, em uma destas andanças vimos um panfleto com a foto do Fushimi Inari e os milhares de Torii vermelhos!

E na hora veio o estalo!
É aqui em Kyoto!!! Temos que ir!!

A correria estavam tão grande, que estavam pensando que os torii eram em outra cidade!

Pegamos o mapa turístico da cidade e vimos que o templo era no outro extremo de Kyoto!

Pegamos o ônibus que nos levaria até o destino e chegamos até o ponto de parada quase as 17 hs.

Ainda tinha mais uns 10 minutos de caminhada (com as pesadas mochilas nas costas) e só teríamos mais 30 minutos de sol para curtir o lugar.

A história do Fushimi Inari

O santuário de Fushimi Inari é um importante santuário Xintoísta no Sul de Kyoto.

Sua construção iniciada antes dos anos 800.
Já são mais de 1200 anos de história.

Atualmente é muito conhecido por seus milhares de portões/torii vermelhos que se estendem por toda uma trilha que leva até a floresta do sagrado Monte Inari (Inari é o Deus do arroz no Xintoísmo).

O Monte Inari tem 233 metros de altura e são necessárias 2 a 3 horas de caminhada para percorrer seus 4 km até o topo.

Muito comum também pelo santuário são as estátuas de raposas, consideradas mensageiras de Inari.

Na foto abaixo temos o Romon Gate, o portão que foi doado pelo famoso líder Toyotomi Hideyoshi em 1589 e as raposas mensageiras:

Romon Gate - O principal Torii dentre os milhares do Fushimi Inari
Romon Gate – O principal Torii dentre os milhares do Fushimi Inari

Logo depois do portão principal, temos as construções do Fushimi Inari.

O salão principal para ofertas e doações, as rezas, etc.

As principais construções na entrada do Fushimi Inari
As principais construções na entrada do Fushimi Inari

Passando pelo portão principal, você verá o início da trilha de trekking.

São milhares de torii vermelhos em sequência, formando um túnel que leva até o topo do Monte Inari.

 

O que é um Torii (ou Tori)?

Para quem adentra um templo Xintoísta, o Torii representa um portal.
É a separação entre o mundo físico e o espiritual.

Geralmente construído em madeira de lei (Momiji, Cedro, Pinheiro Negro, etc) e é formado por duas colunas que sustentam o céu e por vigas transversais que representam a terra.

 

Senbon Torii (os milhares de Torii vermelhos de Fushimi Inari)

Os portões/torii de toda a trilha vêm de doações de pessoas e empresas.
Na parte de trás de cada torii há uma inscrição com o nome do doador e data.

O custo começava em torno de ¥ 400.000 (em 2017 seria: R$ 11.500,00) para um torii de tamanho pequeno, podendo chegar até a 1 milhão de ienes para um portão grande.

No começo da caminhada é possível encontrar os maiores e mais altos toriis.

Depois de um tempo a trilha se divide em duas, onde temos os torii mais baixos, porém, dispostos um ao lado do outro formando um denso túnel.

Vejam no túnel como há iluminação para também caminhar à noite:

O túnel com milhares de torii vermelhos do Fushimi Inari
O túnel com milhares de torii vermelhos do Fushimi Inari

Depois de algum tempo de caminhada, os torii vão ficando mais espaçados e mais escassos.

Inclusive, dizem que de toda a caminhada de 2 a 3 horas para chegar ao topo, você só encontrará mais torii nos primeiros 45 minutos.

É neste trecho dos primeiros 45 minutos que você já chega até um grande mirante para observar a cidade de Kyoto.

Não conseguimos chegar até o topo por já termos chego com o sol se pondo.

Ainda tínhamos que voltar até o centro de Kyoto para tomar o shinkansen para a próxima cidade.

Isto é o legal da caminhada, você pode ir até a distância que quiser, voltar, curtir o local.
É tudo livre!

 

Hora de ir embora do Fushimi Inari

O sol se pôs rapidamente e até ajudou para algumas fotos:

Os maiores torii do Fushimi Inari
Os maiores torii do Fushimi Inari

Caminhamos mais um pouco e resolvemos voltar até a entrada.

Como um bom gordinho, a ideia também era beliscar na feirinha que há na entrada do templo, mas as barraquinhas já estavam fechando.

O anoitecer no Fushimi Inari
O anoitecer no Fushimi Inari

Então fica a dica, tentem chegar um pouco mais cedo e com algumas horas livres!
O lugar é lindo e vale a visita!

 

Como chegar ao Fushimi Inari em Kyoto?

São 465 km de distância entre Tokyo e Kyoto, porém, com o Shinkansen (trem bala) você faz este trecho em pouco mais de 2 horas.

Outras cidades que estão próximas: Hiroshima 360 km, Himeji 131 km, Osaka 55 km e Nara 42 km.

Já na cidade de Kyoto, vale muito a pena comprar o Kyoto – Sightseeing One Day Pass!

Um passe que lhe dará direito a utilizar os ônibus e trens da cidade, sem li

1 dia: por ¥1,200 (adultos) e ¥600 (crianças)
2 dias: por ¥2,000 (adultos) e ¥1,000 (crianças)

Kyoto - Sightseeing One Day Pass
Kyoto – Sightseeing One Day Pass

O ticket pode ser comprado em qualquer estação de trem de Kyoto, nós compramos logo na estação principal na saída do Shinkansen.
Maiores informações aqui.

Lembrando que mesmo que você tenha comprado o JR Pass para usar o Shinkansen livremente, o metrô local não faz parte da linha JR.

O Fushimi Inari é uma das paradas do ônibus turístico, depois é necessária uma caminhada de 7 minutos até a entrada do templo.

Outra opção mais próxima é descer na JR Inari Station da Nara Line (são duas estações da Kyoto Station).

Fushimi Inari

Endereço: 〒612-0882, 68 Fukakusa Yabunouchi-cho, Fushimi-ku, Kyoto

Taxa de visitação: Grátis

Veja também: Site Oficial e Mapa.

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Já curtiu nossa página no Facebook?
Você receberá notificações das novidades e promoções!